Ao longo dos últimos anos, a cirurgia de varizes foi sofrendo algumas alterações, que se traduzem principalmente em um retorno mais rápido do paciente às suas atividades.

Talvez a mais importante delas, seja a tendência a preservar a veia safena quando ela não está dilatada. Ou seja, só removê-la quando há sinais inequívocos de que sua função está comprometida.

Se você não precisa remover sua veia safena, normalmente a cirurgia é bem mais rápida, superficial, e como menos dor. Fazemos cortes de cerca de 2 mm, com um material bem delicado, de forma a minimizar as cicatrizes. Esta cirurgia requer apenas três dias de repouso, e o retorno à prática de atividades físicas é precoce. 

Se a sua veia safena está doente e precisa ser removida, atualmente dispomos de dois procedimentos endovasculares, ou seja, por dentro do vaso. A radiofrequência e o laser atualmente já são os métodos mais utilizados para tratar a safena nos Estados Unidos, em substituição ao “stripping” ou à clássica retirada da veia safena com o fleboextrator. Estes métodos resultam em menos hematomas, muito menos dor, e rápido retorno ao trabalho e às atividades físicas. Mas possui algumas limitações de anatomia, então é importante ver se no seu caso eles poderiam ser utilizados.

As pessoas sempre me perguntam sobre a melhor época para fazer esta cirurgia. A primeira coisa a se pensar é que sempre é uma cirurgia que dá para fazer com planejamento. Operar as varizes não é uma situação de urgência! Os cuidados que você precisará ter são: 45 dias sem exposição solar direta, usar a meia elástica nos primeiros 30 dias, é resguardo de exercícios de impacto por 14 dias. Então não há impedimento para fazer no verão, ou em nenhuma outra época do ano, basta se planejar.

Se quiserem podem deixar dúvidas nos comentários!

In recent years, surgery for varicose veins has undergone some changes, which mainly translates into the patient’s faster return to activities.
Perhaps the most important of these is a tendency to preserve the great saphenous vein when it is not dilated. Or, to remove it only if there are unmistakable signs that its function is compromised.
If you do not need to remove your great saphenous vein, surgery is usually much faster, more superficial and with less pain. Incisions are about 2 mm, with a very delicate material, for better and faster healing. This surgery requires only three days rest and the return to physical activity is fast.
If your great saphenous vein is diseased and needs to be removed, we currently have two endovascular procedures, that is, inside the vessel. Radiofrequency and laser are currently the most widely used methods for treating the saphenous in the United States, replacing the “removal” or classic stripping of the saphenous vein. These methods result in less bruising, much less pain, and rapid return to work and physical activity.
People usually ask me about the best time to have this kind of surgery. The first thing to think about is that it is always a surgery that can be done with planning. Operating your varicose veins is not an urgent situation! Cautions you should have: 45 days without direct sun exposure, wearing elastic stockings for the first 30 days, and avoiding impact exercises for 14 days. So there is no impediment to do in the summer, or any other time of year, you just need to plan.
If you wish, you can leave questions in the comments!

Whatsapp